top of page
  • Imprensa

Ex-prefeito de Teresina/PI, Sílvio Mendes (União Brasil), pede desculpa a Chico Buarque.

Sílvio Mendes (União Brasil), fez um pedido público de desculpas, nesta quarta-feira (26), ao renomado cantor e compositor Chico Buarque, pelo uso não autorizado da música "Apesar de você" durante sua campanha eleitoral em 2022, quando concorreu ao cargo de governador.

Escrito por Carlos Calebe. Portal AZ. leia a integra e veja o vídeo em https://www.portalaz.com.br/noticia/politica/63240/silvio-mendes-se-desculpa-com-chico-buarque-por-uso-indevido-de-sua-musica Imagens: Silvio Mendes/Reprodução/Instagram; Capa do álbum Chico Buarque (BMG).


Em um vídeo publicado nas redes sociais , Sílvio Mendes reconheceu o erro de utilizar a canção de Chico Buarque sem a devida autorização durante a edição de um vídeo com imagens da convenção partidária que o indicou como candidato da oposição.


O caso havia sido levado à justiça, e o juiz Fernando Rocha Lovisi, do 6º Juizado Especial Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), determinou, à época, que Sílvio Mendes retirasse a postagem da plataforma em questão.


No seu pedido de desculpas, Sílvio Mendes destacou a importância de respeitar os direitos autorais, mesmo quando as músicas estão disponíveis em diversas plataformas. Ele alertou seus seguidores sobre a necessidade de se informar e aplicar a lei de direito autoral, seja em produções comerciais ou eleitorais.


"Agora, antes da sentença em definitiva, venho a público para me desculpar pelo uso não autorizado e também para fazer o papel educativo de alertar os meus seguidores de se informar e aplicar a lei do direito autoral também nas redes sociais. Embora disponível na plataforma, é preciso tomar cuidado ao usar seja para uso comercial ou eleitoral, então peço desculpas ao artista em nome de todos nós", declarou Sílvio Mendes.


O pedido de desculpas aconteceu em meio a uma ação judicial movida por Chico Buarque, que exigia a remoção do vídeo e também solicitava uma indenização de R$ 40 mil.

Comments


bottom of page